Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Cat Run

Uma cena sobre corrida em geral e running em particular e também sobre a vida que passa a correr. Aqui corre-se. Aqui só não se escreve a correr. Este não era um blog sobre gatos. A culpa é da Alice.

The Cat Run

Uma cena sobre corrida em geral e running em particular e também sobre a vida que passa a correr. Aqui corre-se. Aqui só não se escreve a correr. Este não era um blog sobre gatos. A culpa é da Alice.

02.10.16

UM DOMINGO ESPECIAL


The Cat Runner

IMG_1704.JPG

 

 

02/10/2016

 

Vou ter que alterar o template (cabeçalho) deste blog.

Lê-se que “ este não é um  blog sobre gatos”. Há que mudar a frase.

A partir de hoje o blog do Gato também passará a falar de gatos, de uma gata especial.

E, faz sentido.

Um Gato sente-se só, uma gata faz todo o sentido. Esta muito mais.

Alice tem um nome, a partir de ontem, uma casa, uma família.

Alice é uma gata com pouco mais de um mês de vida, que alguém deixou na rua à espera da morte.

Acontece que Alice sobreviveu. É uma sobrevivente, e só isso já merece que eu conte a sua história.

Não há sítio mais indicado que este.

O Gato tem uma gata.

Nós temos mais um membro na nossa família.

Passaram apenas 48 horas, mas é como se estivesse connosco desde sempre.

Alice apareceu num acaso, porque alguém sempre quis ter um gato e eu nunca deixei, porque alguém ama animais e que ser veterinária e isso eu deixo.

Mas, não era suposto.

Por isso, esta, acaba por ser uma história que sublinha o coração, o carácter, o respeito, o amor, a ternura.

Também irá ter passagens menos felizes, que a vida não corre a direito, mas será o resto que vai fortalecer a história, à medida que Alice vá ficando, também ela, cada vez mais forte e viva.

A história de Alice não está escrita. Nunca saberemos como sobreviveu, como conseguiu resistir, como chegou até à porta do liceu da Maria, num acaso.

Podia ter ido ter a um outro lado qualquer, num outro qualque momento.

Não sabemos, sequer, o fim desta história, que só hoje começa a ser contada.

Alice não sabe ler, não sabemos se conseguirá recuperar totalmente a visão, acreditamos que sim, Alice nunca irá ver o blog do Gato, mas vai sentir, sente, seguramente, que aqui está em paz, protegida, envolvida em afectos e sorrisos.

O meu desafio é difícil:

A história de Alice será contada aqui, todos os dias, desde ontem, dia 1, até dia 1 de outubro de 2017.

No final, no fim do seu primeiro ano de vida - porque acreditamos que ela vai viver e vai ser feliz - essas crónicas serão reunidas, publicadas em livro, e oferecidas a quem esteve na origem desta história, que queremos, tenha um final muito feliz.

Todas as crónicas serão datadas.

Seria vago falar só de Alice, ao longo do próximo ano.

Ela é a personagem principal, mas a vida é feita de pessoas, de gestos, de confortos e de amor.

A história de Alice não é apenas a história de uma gata que quis sobreviver até encontrar quem a amasse.

Esta é a história da nossa ternura, dos nossos dias, dos dias com ela, de hoje em diante, uma história sobre a vida.

A história de Alice, a que contei nas redes sociais, num post - incompleto como qualquer post que pretende contar uma história -, tocou algumas pessoas, tal como me tocou.

É outro motivo mais que bastante para ser contada e partilhada, porque tocou alguém.

Um dia na vida de Alice, todos os dias da vida de Alice, e da nossa vida, uma crónica de uma página, durante um ano.

Ainda hei-de ver Alice correr (já a vejo saltar), porque irei continuar a escrever sobre corrida, ela não vai deter o exclusivo no blog, isso, só nos nossos corações.

Não é tudo isto que é a vida?

Eu entendo que sim.

A aventura começa agora.

Bem vinda, Alice.

 

(A seguir, o "Prefácio/Introdução")

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.