Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




por The Cat Runner, em 16.05.17

CORRIDA A CORES

IMG20170514082000EasyResizecom.jpg

(Huwaei P10 & Leica)

 

 

Dois dias sem correr é o suficiente para me deixar cheio de comichões, a sentir-me inchar, deixa-me inquieto, ao mesmo tempo sinto as pernas a aliviar.

É uma sensação de bem-estar disfarçada, que eu sei.

Dois dias sem correr é o meu limite.

Vem isto a propósito da foto que acompanha este texto, lá em cima.

Ela estava à espera de ver a luz do mundo mal eu imaginasse um texto onde ela tivesse o seu lugar de destaque.

Não corro há dois dias, as pernas vão melhor, obrigado, mas alma carece de fuel.

É na corrida que atesto a alma, na escrita também, embora corra muito mais do que escrevo.

Mentalizei-me que era por causa da ausência da tecla T, que a Alice, a minha gata, arrancou com uma unha, há uns bons meses.

Eu arranjo sempre boas desculpas. Para a semana vou ter com o Pedro Aniceto que lá me vai recolocar a tecla no sítio.

Vou passar a escrever mais, porque há por aí umas novidades, e escrever faz parte, mas isso não interessa nada, agora, como diz aquela senhora loura que apresenta determinados programas de televisão.

Lá está, a tecla T, de televisão, nem sabe o trabalho que me deu escrever estas duas linhas, sem tecla.

Ora, a fotografia foi tirada há uns dias. Todas as fotos dos meus textos são tiradas por mim, não facilito.

Ela foi tirada ao fim de uma manhã de corrida, junto ao meu rio.

Era final de manhã, mas a ambiência era como se o dia estivesse a nascer, por isso detive-me na foto, parei, olhei e disparei.

Ela mexeu dentro do meu imaginário;

Eu sei como é o nascer do dia, por cima do rio, ali mesmo a meu lado. A planície, a linha do horizonte, a Lezíria que lava os olhos na cacimba madrugadora. Isso eu sei, mas sentir, nunca o senti, nunca o vivi, nunca me envolvi na experiência.

Há umas semanas saí para correr, enquanto o mundo ainda dormia, a maior parte dele, cá deste lado do mundo. Corri pelos valados, pela planície, pela charneca, pela cidade, tudo numa janela de tempo que tinha o tamanho das pessoas que acordavam, porque os pássaros há muito que me acompanhavam, numa musicalidade reconfortante.

Ainda tinha o dia todo pela frente, isso animava-me.

Há dois dias que não corro, está na hora de ir.

Depois da experiência dentro da Lezíria, a experiência junto ao rio, que é de experiências que eu gosto.

Viver o dia que acordará depois de mim, arrastado pela corrente que ruma a sul, até à foz.

Talvez consiga ver algumas aves – espécies protegidas – que por ali vão ao breakfast, ou os patos pintados de verde garrafa cintilante, e branco em tom de café com leite, às vezes tenho dúvidas se aquele colar natural é amarelo ou dourado, mas gosto de os ver, quando corro.

Talvez consiga cruzar-me com caras que me perseguem toda uma vida, para cá e para lá, talvez, espero que sim, por gosto de dar os bons dias, talvez.

Normalmente corro uma hora.

Uma hora, enquanto o dia se levanta e a Lezíria abre as cortinas.

Uma hora, enquanto a meu lado tudo isto acontece.

Uma hora, enquanto se desenha no horizonte com cores de fogo, refrescadas pela brisa que o rio nos dispensa.

E, ainda tenho o dia todo pela frente.

Uma coisa eu sei; acordo pelas seis da manhã, meia hora depois estarei a correr.

A foto?

A foto será obviamente a cores.

Outras cores, as cores de mim.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:38


1 comentário

De Ana a 17.05.2017 às 12:38

Este vídeo está excelente. Adorei. E entendo-te tão bem.

Comentar post



Uma cena sobre corrida em geral e running em particular e também sobre a vida que passa a correr. Aqui corre-se. Aqui só não se escreve a correr. Este não era um blog sobre gatos. A culpa é da Alice.

Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2019
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ
  14. 2018
  15. JAN
  16. FEV
  17. MAR
  18. ABR
  19. MAI
  20. JUN
  21. JUL
  22. AGO
  23. SET
  24. OUT
  25. NOV
  26. DEZ
  27. 2017
  28. JAN
  29. FEV
  30. MAR
  31. ABR
  32. MAI
  33. JUN
  34. JUL
  35. AGO
  36. SET
  37. OUT
  38. NOV
  39. DEZ
  40. 2016
  41. JAN
  42. FEV
  43. MAR
  44. ABR
  45. MAI
  46. JUN
  47. JUL
  48. AGO
  49. SET
  50. OUT
  51. NOV
  52. DEZ
  53. 2015
  54. JAN
  55. FEV
  56. MAR
  57. ABR
  58. MAI
  59. JUN
  60. JUL
  61. AGO
  62. SET
  63. OUT
  64. NOV
  65. DEZ
  66. 2014
  67. JAN
  68. FEV
  69. MAR
  70. ABR
  71. MAI
  72. JUN
  73. JUL
  74. AGO
  75. SET
  76. OUT
  77. NOV
  78. DEZ
  79. 2013
  80. JAN
  81. FEV
  82. MAR
  83. ABR
  84. MAI
  85. JUN
  86. JUL
  87. AGO
  88. SET
  89. OUT
  90. NOV
  91. DEZ