Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



HATE ME BECAUSE I LIKE IT

Domingo, 20.12.15

IMG_6550.jpg

 

Uma coisa é correr dez quilómetros em menos de uma hora, outra coisa é chegar meia hora atrasado à Póvoa de Santa Íria e depois chegar a Lisboa em meia hora, de carro, estacionar a viatura, encontrar a linha de partida e começar a correr às dez e meia.

Às dez estava eu a apanhar o Bruno. Ele já não acreditava ser possível.

Às dez e meia estava com ele na linha de partida.

Milagres acontecem, quem disse que não? (Yeah)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por The Cat Runner às 22:14

PERDI O MEDO DAS MEMÓRIAS

Quarta-feira, 09.12.15

DDDDD.PNG

 

As memórias não me largam e eu vivo nelas e com elas.

Quando me assaltam sou capaz de sorrir, sou capaz de me emocionar, por vezes fico deprimido. Também na corrida há algo de masoquismo, um pouco como nesta questão das memórias.

Quando corro canso-me, tenho dores de alma e de pernas, tenho memórias, tenho prazer, como nas memórias, elas dão-me prazer, mesmo quando me roubam o sorriso.

Estou a ficar velho, cada vez – por isso mesmo – com cada vez mais memórias. Já não deixo coisas por dizer e já não recuso o confronto, seja com quem for. Perdi o medo.

Aplico este princípio em tudo, na minha vida, no meu trabalho, nas minhas relações.

Perdi o medo. Só não perdi o medo delas.

Não perdi o medo das minhas memórias.

Quando me assaltam nunca sei como o farão e isso inquieta-me. Às vezes chegam sem se fazerem anunciar, como no Domingo passado.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por The Cat Runner às 21:12

O NATAL ESTACIONA NO LUGAR DOS DEFICIENTES

Quinta-feira, 03.12.15

SD.JPG

 

O Natal chegou mais cedo.

No fim de Novembro, o mês que acabou agora mesmo,  já havia árvores de Natal nas casas das pessoas. Há aqui algo perverso, envolto em afecto.

Antecipa-se o afecto, mas o afecto, este que é especial, o afecto tem data marcada.

A julgar por isto perspectivei o que estaría para vir.

No fim de semana fui comprar umas coisas que me faltavam lá em casa, uns sumos, fiambre, coisas menores que os pequenos-almoços não dispensam.

Encontrei um lugar para estacionar. Um único lugar.

Não me pareceu que os lugares para deficientes estivesse ocupados com carros de deficientes o que me levou a questionar-me sobre a deficiência.

A deficiência de carácter que muitos não sabem o significado e muito poucos a usam como exemplo. Mais à frente falarei de um desses exemplos.

As caixas estavam todas a funcionar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por The Cat Runner às 12:23





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Dezembro 2015

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031








comentários recentes

  • The Cat Runner

    Viver em ansiedade é mau. Retira-me a vontade. Hoj...

  • Ana

    Também soube desse desaparecimento e tenho andado ...

  • The Cat Runner

    O melhor foi nos dias seguintes, mas isso só logo...

  • Ana

    Boa. Fantástico.

  • The Cat Runner

    Se não saiu deve esra a sair :)

  • Ana

    Vá lá... Queremos saber.

  • The Cat Runner

    Boa noite,fico sem palavras depois de ler o seu c...

  • Anónimo

    O ano passado tive o prazer de participar na Corri...

  • The Cat Runner

    É assim, a vida. Obrigado, pelo seu comentário. Bo...

  • Alfredo Simões

    Às vezes a vida não é fácil e a apreciação dos nos...




subscrever feeds